Novo saque do abono PIS/Pasep vai ser liberado no final do ano?
Apesar da expectativa de uma possível liberação, a previsão é que o abono ano-base 2021 fique para o ano que vem

Publicado 05/08/2022
A A

Entra ano e sai ano, um dos benefícios que os trabalhadores esperam receber é o abono salarial do PIS/Pasep, benefício que paga até um salário mínimo todos os anos aos trabalhadores que se enquadram nas regras do programa.

Normalmente o trabalhador exerce atividade de carteira assinada em um ano, para que no ano seguinte já possa receber o abono salarial.

Contudo, no ano passado, devido ao período de pandemia, o governo acabou adiando o pagamento do abono ano-base 2020 para transferir os recursos para a liberação de outros programas emergenciais.

Dessa forma, o benefício que deveria ter sido pago no ano passado, referente ao ano-base 2020 acabou sendo adiado para este ano.

Trabalhei em 2021 quando receberei o abono?
É preciso esclarecer que como o pagamento do abono salarial ano-base 2020 foi adiado para este ano, o abono salarial para quem trabalhou em 2021 também acabou sendo adiado.

Dessa forma, formou-se uma nova sistemática, onde, quem trabalhou em 2020 recebeu em 2022, quem trabalhou em 2021 vai receber em 2023, assim como quem trabalhar este ano deverá receber apenas em 2024.

Outra mudança importante está relacionada a ordem de pagamentos, antes, o abono começava a ser pago em julho de um ano e só terminava de ser pago em junho do ano seguinte.

Contudo, agora todos os beneficiários vão receber sempre no mesmo ano, independente do mês de nascimento. Assim, todos os trabalhadores que exerceram atividade em 2021 deverão receber em 2023.

Devido à mudança na grade de pagamentos, alguns trabalhadores enviaram Ideias Legislativas no portal e-Cidadania para tentar transformar a ideia em um Projeto de Lei que permita o pagamento do abono ano-base 2021 ainda este ano.

A Ideia com maior porcentagem de votos se trata da ideia de Charlesson Campos – MA que já conta com mais de 12 mil apoios.

Explicando de forma mais simples, todo cidadão pode enviar uma Ideia Legislativa ao portal e-Cidadania, onde, ao receber 20.000 apoios, a ideia se tornará uma Sugestão Legislativa (SUG) e será debatida pelos Senadores.

Caso você também queira apoiar essa Ideia Legislativa para juntos tentarem antecipar o pagamento do abono ano-base 2021 para este ano, basta acessar ao portal e-Cidadania clicando aqui.